Doutrina Umbandista

A Umbanda, religião fundamentada na palavra de espíritos humildes, do quais denominamos “Pretos Velhos” e “Caboclos” possui um conjunto de regras que fundamentam o seu sistema funcional, daí o significado da palavra doutrina.

Denominada como a “arte de curar” conforme origem linguística do dialeto quimbundo, ou como conjunto das Leis de Deus ou Luz de Deus como nós preferimos referenciar, a Umbanda é, sobretudo uma religião genuinamente brasileira e por que não afro-brasileira-americana-universal !

 

As roupagens fluídica das entidades que nos assistem, representam a miscigenação brasileira. Encontramos nos altares e nas giras, a etnia vermelha, a etnia branca e a etnia negra, contribuições fundamentais que estruturam o seu surgimento ou ressurgimento em solo brasileiro com elementos de práticas kardecista, um altar por vezes cristão, ritos indígenas e orixás africanos.

 

Nos aspectos práticos de terreiro, a religião não possui uma codificação, como àquelas basedas em escrituras,  consolidando então a predominância da figura máxima do terreiro que é o sacerdote, que via de regra denomina-se pai ou mãe de santo, que em nossa doutrina chamamos de comandante chefe de terreio – CCT ou Morubixaba, quando incorporado.

 

A Escola do Primado, fundamentada originalmente pelo Caboclo Mirim adota termos da origem indígena para denominar os diversos estágios e ocupações da mediunidade no terreiro.

 

Assim definimos a seguinte hierarquia sem incorporação:
7o.grau - Comandante Chefe de Terreiro
6o.grau - Subcomandante Chefe de Terreiro
5o.grau - Chefe de Terreiro
4o.grau - Sub-chefe de Terreiro
3o.grau - Terreiro
2o.grau - Banco
1o,grau - Iniciante

 

Ao incorporarmos as entidades denominamos :

7o.grau - Morubixaba
6o.grau - Abaré-guaçú
5o.grau - Abaré
4o.grau - Abaré-mirim
3o.grau - Bojá-guaçú
2o.grau - Bojá
1o.grau - Bojá-mirim

 

Cada grau corresponde uma etapa da vida mediúnica, da transformação interna que a Umbanda nos proporciona através das sua práticas e das entidades que nos assistem.

Nossa doutrina exige ainda três fatores de preparação para execução dos trabalhos:

a)      A preparação física

b)      A preparação mental

c)      A preparação espiritual

 

A preparação física, adota a utilização de um uniforme totalmente branco ,uma toalha e guias ritualísticas, acompanhada de banhos litúrgico de ervas.

 

A preparação mental, exige o desligamento dos problemas mundanos para completa entrega da matéria para com os trabalhos.

 

A preparação espiritual é contínua e duradoura e se faz com as obrigações e oferendas ritualísticas e a mudança contínua e progressiva do interior.

 

Nossas práticas de terreiro se consolidam em atendimento ao público, desenvolvimento mediúnico, descarregos e ritos externos.

Todas elas direcionadas para estabelecer um mundo melhor e consolidar a religião umbandista.

Quero entrar no terreiro

1) Estou disposto a praticar a religião de Umbanda dentro da doutrina e entendimento desta Tenda regulamentadas pelo estatuto, regimento interno e orientações do 7o.grau, Comandante Chefe de Terreiro;

2) Tenho recursos financeiros para manter minha vida religiosa bem como para cumprir com as obrigações de terreiro, incluindo vestimentas, materiais de uso dos trabalhos, oferendas, viagens e a mensalidade;

3) Estou disposto a realizar oferendas ecologicamente corretas e oferecer pratos típicos a comunidade nas festividades;

4) Tenho os sábados, sextas-feiras e alguns domingos livres no ano para praticar a religião;

5) Entendo que a mediunidade não se desenvolve ou pratica em cursos, vídeos, mídias sociais ou pela internet, mas sim nas práticas de terreiro ao lado das entidades;

6) Vou cultivar plantas e ervas da religião para realizar banhos e oferendas;

7) Vou cuidar das minhas entidades em casa com elementos pertinentes a minha realidade espiritual no terreiro;

8) Estou disposto a ouvir, aprender e aceitar não como resposta e entender que a Umbanda é baseada na hierarquia, na doutrina, na obediência, respeito e na paciência;

9) Entendo que caridade é capacidade. Só dá quem tem, só recebe quem precisa;

10) Compreendo que somente o 7º.grau, Comandante Chefe de Terreiro é quem determina minha vida espiritual através de suas entidades e Orixás. 

Tenda de Umbanda Caboclo Ubirajara e Vovó Tereza
 
Av. Antonio Rachid, 364 - Jardim Carlos Cooper - Suzano - SP
e-mail: umbanda@tendadeumbanda.org
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon